quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Eu não dizia??? Eu não dizia???

Eu tinha dito: andavam umas marcas estranhas pelos vasos...
Falei com o Raimundo Sérge da Trindade que me prometeu ajuda nocturna, mas que acabou por adormecer - e eu nem me zanguei porque ele é pequenito e faz hoje cinco meses!
Então, de madrugada, pé ante pé, com o despontar de certa claridade, abri repentinamente a porta da varanda e, saltando do Vaso Mágico para o Vaso Picante, ei-lo apanhado...

o Mochoilo!


Abanicando as asas num «Hu!Hu!» frenético não percebi logo se estava feliz ou infeliz por ter aterrado num cacto... (Pode-se sempre gostar de picadelas, não é?)
Só depois compreendi que olhava, esbugalhado, para o Vaso Mágico.
Olhei também e lá vi, completamente ensonada e encolhidinha pelos pingos da chuva...

a Mochoila!



Com a ajuda do anão Zebedeu - exímio limpador dos algodões ("cochonilhas algodoadas", para os experts) das minhas plantinhas - que fala tudo o que é lingua de animal (com excepção de língua de vaca estufada e nem ele próprio sabe porquê), trouxe-os para dentro e sequei a ensonadita Mochoila. O Mochoilo, no início, aflito e sem saber o que lhes fazia eu, arregalou os olhos para o Zebedeu, que se assustou e pediu para regressar às suas limpezas.



Já dentro de casa, mais tranquilos e enxutos: os Mochoilos.



O «limpanão» Zebedeu, com os seus três centímetro de altura, regressa ao seu vaso preferido: aquele em que, espontaneamente, vive uma colónia de larvas de melga...


Até breve e, se perceberem que as vossas plantas são sorvidas por cochonilhas algodoadas, não hesitem: contratem um limpanão como o Zebedeu que, além dos algodões, "caça" mochoilos.

6 comentários:

Filipe disse...

Aha! Finalmente um defeito no blog! Muahahaha!!

O Zedebeu está desfocado. Visto assim, parece uma aparição de Nossa Senhora em miniatura.

Fico é sem saber se é por causa da foto, ou se o Zedebeu é ele próprio um ser algo desfocado. Pode também dar-se o caso de, vendo que ia ser fotografado, ter-se envolvido numa nuvem de desfocagem, o que iliba a autora de qualquer responsabilidade.

Aguarda-se um futuro post que dissipe o mistério criado.

Wayfarer disse...

Eu Eu!!! (leia-se com a imagem mental de mim com o dedo no ar!) Não consigo descobrir se gosto mais do Mochoilo ou da Mochoila, mas tens sorte por eles terem aterrado nos teus vasos! No meus só aterram minhocas! Mas como moro no pinhal, à noite ouço mochos! :D Mas nunca vi nenhum :(
Fikei apaixonada!! Agora falta as fadinhas! continuo á espera! :D
beijinhos e obrigada pelo aviso de tão belo post!

alice disse...

Como sempre lindos. Amorosos.
Beijocas
Alice

Clau disse...

Olá Isabel!!
Obrigada pela parte que me toca :) Já andei a saltitar no dácámisso. Passei a tarde agarradíssima ao computador a conhecer todos os que por aí andam. Adorei!! Fiquei super apaixonada pelos pi-pius!E o mochoilo e a mochoila.. eheh lindos!

Voltarei para saber notícias destes novos amiguinhos :)

Beijinhos

Cristina disse...

Pois é minha amiga. Faz hoje 5 meses q tive a agradavél surpresa do meu dragãozinho nas cer quase 1 mês antes! Ehehehe. Foi o dia mais felíz da minha vida e até hoje, estes estão a ser os dias mais mágicos e fenomenais de sempre. Obrigada pela lembrança. espero q estejam tds recuperados. Beijos muito grande e lá p meio de março devo ir aí!!!

miquinhas disse...

Que casalinho tão giro. Agora, a Mochoila com aquele ar ensonado ficou girissima. Adorei.
Beijinhos
PS: tenho uma inveja dos teus vasos...